Pesquisa quer traçar perfil de acumuladores de animais. Você é um deles?

Estudo feito por universidade de Porto Alegre-RS busca entender o que leva uma pessoa a acumular tantos animais.

Estudo feito por universidade de Porto Alegre-RS busca entender o que leva uma pessoa a acumular tantos animais.

 

Um trabalho ainda inédito no Brasil, traçar o perfil de acumuladores de animais, foi iniciado no dia 3 de julho, com as primeiras visitas da investigação científica realizada pela Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), coordenadas pela professora Tatiana Irigaray. As ações serão executadas em parceria com o Ministério Público (MP-RS), por meio das Promotorias de Defesa do Meio Ambiente e de Direitos Humanos de Porto Alegre, com o apoio da Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda).

“Neste primeiro contato, já conseguimos observar alguns aspectos psicológicos, como quadros depressivos, por exemplo. O que nos motiva é justamente essa busca por entender o que os leva a chegarem nestes quadros”, explica Tatiana, doutora em gerontologia biomédica e especialista em neuropsicologia e avaliação psicológica.

Nos próximos dias, o mesmo grupo voltará a reunir-se para definir o cronograma, possivelmente até o final do ano, das futuras visitas e entrevistas com os acumuladores indicados pela Seda. “Inicialmente estamos nos apresentando e nestes dois contatos iniciais fomos bem recebidos. Queremos ajudar e deixamos bem claro, desde o início”, afirma Tatiana.

A promotora de Justiça Annelise Monteiro Steigleider, que atua na Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, explica a importância de resolver conflitos gerados tanto no ponto de vista de bem-estar animal, sempre em condições precárias, quanto do humano. Segundo ela, a pesquisa permitirá também uma atuação preventiva, evitando a judicilização destes casos.

A Seda acompanhou as duas visitas, com o fiscal Luciano Cardoso, a médica-veterinária Daniele Meurer e a diretora jurídica da Seda, Fabiane Borba Tomazi. “Não temos notícias de casos de acumuladores que sejam resolvidos definitivamente. Eles entregam seus animais, mas em pouco tempo voltam o repetir o mesmo processo. Por isso a importância deste trabalho de pesquisa novo e recente e o reconhecimento como doença do transtorno de acúmulo de animais”, afirmou Fabiane.

 

O Projeto

 

A pesquisa será realizada pela pós-graduação da Faculdade de Psicologia da PUC-RS, com objetivo de traçar o perfil de acumuladores, apurando transtornos de personalidade e psicopatológicos e identificar o tipo de atendimento psicológico e/ou psiquiátrico necessário.

 A proposta é buscar um protocolo de identificação, intervenção e tratamento que contemple a prevenção de recaídas após o atendimento e identificar sintomas potenciais que possam contribuir para o indivíduo se tornar um acumulador de animais. Para viabilizar o projeto, caberá ao MP repasse à PUC-RS de recursos oriundos de Termo de Ajustamento de Conduta firmado com a Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente da Capital.

 

***

 

Vinicius Cintra, é jornalista formado em 2010 e atuação desde 2008. Colaborador e agora aprendiz no seguimento de jornalismo animal. Aos 26 anos tem experiência com matérias e fotos, já que é um grande fã da fotografia!


Veja Também

COMO É POSSÍVEL SABER QUE O SEU CÃO ESTÁ ESTRESSADO?

Saiba quais são os sinais de que seu peludo precisa de mudanças na rotina.

Outubro Rosa Pets

Você sabia que animais também podem ter câncer de mama? Faça o exame de prevenção!

Como adaptar cães e gatos a um novo lar

Confira algumas dicas para ajudar seu pet a se adaptar a uma nova casa


Voltar

Você sabe como entrar no ramo das Empresas de banho e tosa ?

Para os amantes de animais que sonham em ter um negócio próprio um banho e tosa pode ser o ideal. Venha conferir ótimas dicas de como abrir um.

Thaly

Niterói - RJ

COMO É POSSÍVEL SABER QUE O SEU CÃO ESTÁ ESTRESSADO?

Saiba quais são os sinais de que seu peludo precisa de mudanças na rotina.

Kitty

Volta Redonda - RJ

Conheça a história do cachorro que cuida de filhotes de gatos como se fosse pai

Hoje é dia dos pais e o Radar Animal preparou uma linda história de um cachorro que cuida de filhotes de gatos como se fossem seus filhos.

Linda

São Paulo - SP

Projeto de lei visa criar regras para a guarda dos pets após a separação

 O objetivo do projeto é fazer com que os animais não sejam mais tratados como objetos, mas sim como seres vivos e parte da família.

mayke

São José do Rio Preto - SP

Conheça Spaghettio, a gata 'pirata'

Spaghettio ganhou o apelido de pirata de sua mãe após sofrer um acidente.

Veja tudo o que rolou essa semana no nosso site!

Venha conferir os acontecimentos dessa semana!

ARIEL

Rio de Janeiro - RJ