PETS JÁ DESFRUTAM DE PRÓTESES E APARELHOS PARA OS DENTES

Aparelho ortodôntico corrige alguns problemas da arcada dentária como desvios de dentes, mal oclusão, dor, entre outros problemas 

Cuidar da saúde bucal não é uma tarefa simples para o ser humano. Muitos sofrem com problemas dentários graves. Ir ao dentista todos os anos, escovar os dentes todos os dias, usar fio-dental são recomendações que nem sempre são seguidas pelas pessoas, agora imagine para os animais. Ao contrário do que todos pensam, os bichos necessitam de atenções redobradas quando o assunto é a boca.

Todos os animais precisam fazer uma avaliação odontológica, pelo menos, uma vez ao ano. “Alguns precisam de um acompanhamento semestral e às vezes até em intervalos menores. O ideal é que desde a primeira consulta para vacinação os dentes sejam avaliados. Após este período de vacinação é importante acompanhar a troca dos dentes (4 a 7 meses de idade) e depois anualmente”, disse o dr. Herbert Corrêa, médico veterinário e mestre em cirurgia.

Atualmente, a tecnologia encontrada em centros de odontologia animal no Brasil já é comparada a dos Estados Unidos, que é a referência para estudos na área.

E como saber que está na hora de levar seu animal a um centro desses? “Qualquer alteração na cavidade oral do animal deve ser avaliada por um médico veterinário especializado. Os sinais mais frequentes de que algo está errado são: mau hálito, inflamação na gengiva (vermelhidão e sangramento), presença de cálculo dental (tártaro), dificuldade em apreender ou mastigar os alimentos, passar a pata no focinho, esfregar o focinho no chão”, revela o dr. Alexandre Venceslau, médico veterinário e Sócio-Fundador da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária (A.B.O.V.).

Talvez, a maior dificuldade de levar seu pet para um centro de odontologia veterinária seria o alto custo do tratamento, mas ainda assim, o valor é bem inferior ao custo para tratamento humano. “O valor é muito aquém quando comparado ao tratamento equivalente em pacientes humanos”, disse ambos os veterinários. Portanto, não há mais desculpas para deixar seu animal com os dentes em situações precárias.

 

cachorro aparelho dental

 

Aparelhos e próteses

 

Para quem acha que o aparelho ortodôntico é coisa somente de adolescentes, está muito enganado. Hoje em dias, cães, gatos e até outros animais de estimação recebem esses objeto para auxiliar no tratamento dentário. “A finalidade do aparelho ortodôntico em animais é a correção de alguns problemas da arcada dentária dos mesmos. Estes problemas podem ser simples desvios dos dentes, até mesmo mal oclusões onde a mordida errada pode gerar desconforto, dor e até mesmo levar a problemas mais sérios nos animais”, disse Alexandre Venceslau.

A aparência e a função são as mesmas da do ser humano. “Existem casos parecidos com o dos seres humanos, mas em geral, a função de um tratamento ortodôntico é promover conforto, saúde e estética para o paciente”, afirma o doutor Herbert Corrêa. Porém, as idades variam: “em geral, os tratamentos são indicados a partir dos 5 ou 6 meses de vida, quando ocorre a troca dos dentes de leite pelos dentes permanentes. Em alguns pacientes, o tratamento pode começar bem antes disso”, continua.

A prótese dentária é muito usada em humanos, e pensar em, por exemplo, um cão com dente artificial seria maluquice? Não. “A prótese é aconselhada nos casos onde houve fratura dentária, com perda significativa da coroa. Ela serve tanto para devolver a funcionalidade do dente, como também proteger o remanescente dentário e o canal do dente (normalmente tratado nestes casos)”, revelou o dr. Alexandre Venceslau.

Dicas

Se você não se preocupa muito com a saúde bucal de seu animal, a dica é que você passe a se preocupar um pouco mais com isso. Um plano de manutenção e prevenção é muito recomendado. “Uma escovação dental diária, com uso de pastas e escovas específicas para animais, bem como a visita regular ao médico veterinário especializado, geralmente feita a cada ano. Com esses cuidados, o proprietário garantirá uma boa saúde oral ao seu animal, que reflete na saúde geral, além de proporcionar melhora considerável na qualidade de vida dele”, revelou o doutor Alexandre.

 

Para o doutor Herbert a prevenção começa em casa mesmo: “fornecer tiras de couro para mastigar ajudam a limpar os dentes. Outra dica é o uso de Aquadent, que é um produto a ser colocado na água de beber que ajuda no controle da placa bacteriana”.

 

 

 

***

 

 

 

Foto 1: ana carolina

Foto 2: Chris Gnata


Veja Também

Comissária de bordo adota cão que a esperava na porta de hotel

O cãozinho seguiu a comissária até o hotel e, depois disso, ficava na porta a sua espera.

Cão se finge de morto para não ir embora do parque

O cão resolveu se fingir de morto para que seu passeio no parque durasse mais.

Como ser um dog Walker? Você já pensou em ser um?

Essa é uma profissão em crescimento no país, uma vez que, a atividade física regular é fundamental para a saúde física e mental dos cães.


Voltar

Você sabe como entrar no ramo das Empresas de banho e tosa ?

Para os amantes de animais que sonham em ter um negócio próprio um banho e tosa pode ser o ideal. Venha conferir ótimas dicas de como abrir um.

Mel

Belo Horizonte - MG

COMO É POSSÍVEL SABER QUE O SEU CÃO ESTÁ ESTRESSADO?

Saiba quais são os sinais de que seu peludo precisa de mudanças na rotina.

Logan

Curitiba - PR

Conheça a história do cachorro que cuida de filhotes de gatos como se fosse pai

Hoje é dia dos pais e o Radar Animal preparou uma linda história de um cachorro que cuida de filhotes de gatos como se fossem seus filhos.

Projeto de lei visa criar regras para a guarda dos pets após a separação

 O objetivo do projeto é fazer com que os animais não sejam mais tratados como objetos, mas sim como seres vivos e parte da família.

Mel

Porto Alegre - RS

Conheça Spaghettio, a gata 'pirata'

Spaghettio ganhou o apelido de pirata de sua mãe após sofrer um acidente.

Veja tudo o que rolou essa semana no nosso site!

Venha conferir os acontecimentos dessa semana!

Bone

São Paulo - SP